Pesquisar

A ILHA DOS AMORES – I

Etiqueta

Português

Sobre o Galego – video

Anúncios

Oh Dr. eu acordo ortográfico

com Fúria e Raiva – o Acordo Ortográfico

COM FÚRIA E RAIVA

Com fúria e raiva acuso o demagogo
E o seu capitalismo das palavras

Pois é preciso saber que a palavra é sagrada
Que de longe muito longe um povo a trouxe
E nela pôs sua alma confiada

De longe muito longe desde o início
O homem soube de si pela palavra
E nomeou a pedra a flor a água
E tudo emergiu porque ele disse

Com fúria e raiva acuso o demagogo
Que se promove à sombra da palavra
E da palavra faz poder e jogo
E transforma as palavras em moeda
Como se fez com o trigo e com a terra

Junho de 1974

Sophia


«Quanto mais penso, mais fico revoltado. Toda a situação pode ser resumida como um conluio entre acadêmicos espertos e parlamentares obtusos para, à custa do esforço de algo como 300 milhões de usuários da língua portuguesa, que terão de perder tempo “reciclando-se”, beneficiar meia dúzia de editores que já têm prontos dicionários, gramáticas, cursos de atualização e material didático de acordo com a “nova ortografia”.»
Hélio Schwartsman, “Ex-leviatã”, 29/5/2008

«Nunca foram meia dúzia de consoantes mudas — como nas formas lusitanas “adopção” e “óptimo” — que constituíram barreira à intercomunicabilidade entre leitores e escritores dos dois lados do Atlântico. […] Se há empecilhos à boa compreensão entre falantes do Brasil, de Portugal e de países africanos e asiáticos (não nos esqueçamos de Timor Leste), eles estão na escolha do léxico e no uso de expressões locais, felizmente ao abrigo da sanha legiferante de dicionaristas e parlamentares.»
«Ao contrário, [a reforma] irá apenas criar o incômodo de exigir de alguns milhões de usuários que percam algum tempo para aprender as novas regras cuja arbitrariedade só não é superada pela inutilidade. Se há algo a ser eliminado, não são acentos e hifens, mas a estultícia de burocratas.»
Hélio Schwartsman, “Reforma estúpida”, 23/8/2007

Assine a petição em http://www.ipetitions.com/petition/manifestolinguaportuguesa.
Enquanto há Língua, há esperança.

http://www.ipetitions.com/petition/manifestolinguaportuguesa

O Melhor a Ler sobre o acordo Ortográfico

http://blogdoflecha.files.wordpress.com/2008/04/tesouro.jpg

«A nossa magna lingua portugueza
De nobres sons é um thesouro.»     Fernando Pessoa

PORTAL DA LÍNGUA PORTUGUESA

EM DEFESA DA LÍGUA PORTUGUESA

«A língua e a linguagem são pilares do desenvolvimento no seu sentido mais amplo, não devem ser meros instrumentos do comércio e diplomacia. O acordo ortográfico de língua portuguesa de 1990 apresenta uma dubiedade sem critério, dificulta a aprendizagem da língua e empobrece o património linguístico da comunidade de países de língua portuguesa.»
Revista Autor, Junho 2008, Editorial, 1/6/2008
http://emdefesadalinguaportuguesa.blogspot.com/
http://snipurl.com/3i1y8

7º O acordo falso

Veja como o acordo não resolve nenhuma das questões que diz que vai resolver. Veja por si:

  • Secçãografia dual – O c é sempre dito na pronúncia padrão de Portugal enquanto não o é no Brasil.
  • Contactos e Perspectivasgrafia dual – O c é expresso, por vezes, na pronúncia europeia

Quer num e noutro caso se admitem ambas as grafias na alínea c) do 1º da Base IV (c1IV) do AO90: secção e seção; contactos e contatos; perspectivas e perspetivas.

No corpo do texto vamos encontrar, também, o casos seguintes:

  • Polémicagrafia dual – o AO90 admite as grafias com acento agudo ou com circunflexo porque as sílabas tónicas antes de nasal (m ou n) são pronunciadas de forma aberta em Portugal e de forma fechada no Brasil. Aplica-se aqui o referido nas observações do número 3 da Base X1 (3XI) do AO90, sendo ambas as formas, polémica e polêmica, permitidas.
  • Adoçãografia única – O p da grafia portuguesa salta fora porque ele não se usa nem na fala padrão de Portugal, nem na brasileira, seguindo o estipulado na alínea b) do 1º da Base IV (b1IV) do AO90.
  • Adaptografia única – O p das duas grafias mantém-se porque é dito quer por portugueses, quer por brasileiros que seguem as respectivas normas cultas, cumprindo-se o indicado na alínea a) do 1º da Base IV (a1IV) do AO90.

Texto daqui

A consequência deste acordo é causar um enorme prejuízo à nossa Língua, consequentemente a todos nós, e depois do acordo feito, é dificilmente reversível. E sem nenhuma das vantagens que diz ter.

LER AQUI.

ASSINAR AQUI

6º DESacordo ortográfico: leituras

amansarda, em     vamos-la-deixar-a-lingua-em-paz/

A Redassão

 

 

Enquanto isso, no colégio.

Pergunta: Você gostaria de ter um irmãozinho?

Gostaria, mas queria que se tivesse um mano, se chamasse Herrar…
Porque Herrar é o mano.

Tags: Redação, Humor, … convições??

5º:Assinar Petição acordo ortográfico

CONTATO DIRETO,

OU CONTACTO DIRECTO???

CONVITO?

OU NÃO CONVICTO?

LER AQUI.

ASSINAR AQUI

Artigo de Miguel Sousa Tavares, aqui: Expresso, 26-Nov-2007

 

Blogs que encontrei a manifestarem-se contra o acordo ortográfico:

 

 

 

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑