Pesquisar

A ILHA DOS AMORES – I

Etiqueta

Natal

YouTube – Veni Veni Emmanuel

YouTube – Veni Veni Emmanuel.

Veni, veni Emmanuel;
Captivum solve Israel,
Qui gemit in exilio,
Privatus Dei Filio
Gaude! Gaude! Emmanuel,
Nascetur pro te, Israel!

Veni, veni, O Oriens;
Solare nos adveniens,
Noctis depelle nebulas,
Dirasque noctis tenebras
Gaude! Gaude! Emmanuel,
Nascetur pro te, Israel!

Veni, Clavis Davidica!
Regna reclude caelica;
Fac iter tutum superum,
Et claude vias inferum
Gaude! Gaude! Emmanuel,
Nascetur pro te, Israel!

Veni, veni Adonai!
Qui populo in Sinai,
Legem dedisti vertice,
In maiestate gloriae
Gaude! Gaude! Emmanuel,
Nascetur pro te, Israel!

ver tradução no comentário

Mensagem de Natal: A Meditação das Estrelas

Esta mensagem é dedicada a minha filha bem-amada

Sobre a Arte de nos tornarmos filhos de Deus:


Olhar,

e Ver

https://ailhadosamores.files.wordpress.com/2007/12/pleiades-star-cluster.jpg

Dizer devagar,

Ouvir, e escutar

Saborear, As Palavras:    (retirar preconceitos, falar como  pela primeira vez, como um primeiro homem, fora seu coração um cálice de vinho rubro, e Virgem toda a Terra)

No princípio era a Palavra e a Palavra estava junto de Deus e a Palavra era Deus. Ela estava no princípio junto de Deus. Todas as coisas foram feitas por ela, e sem ela nada se fez do que foi feito. Nela estava a vida e a vida era a luz dos homens; e a luz resplandece nas trevas e as trevas não a compreenderam.

Paro agora. A Palavra é Deus?

É isso que lá está. Deus, Palavra……

E todas as coisas foram feitas por ela? Coisas feitas por uma Palavra? Mas então Deus não é aquele velho…? Palavra. É o que lá está.

– Vai gozar com outro. Desde quando é que uma Palavra cria alguma coisa… quanto mais o Mundo… quanto mais todas as coisas! Os homens é que criaram as palavras…..

– Sim, mas continua, ouve, saboreia (retirar preconceitos, falar como  pela primeira vez, como um primeiro homem, fora seu coração um cálice de vinho rubro, e Virgem toda a Terra)


[A Palavra] – devagar – era a verdadeira luz, – devagar – que ilumina todo o homem, – devagar – vindo ao mundo.

Ouves as estrelas?

Sentes um pássaro a cantar no coração? No teu cálice de vinho rubro?

Estava no mundo e o mundo foi feito por ela e o mundo não a conheceu. Veio para o que era seu, e os seus não a receberam.

Mas, a todos quantos a receberam, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus, aos que acreditam no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus.


– É misterioso, eu sei. E a Luz das estrelas, não o é? E o silêncio do Céu Profundo? Quanta Paz, Quanto Infinito aguardando, aguardando o nosso olhar atento, o nosso Amor em acção crescendo…

O Infinito aguardando o nosso Silêncio

onde toda a Luz surge

e se encontra

o Sorriso Original.

ps – esse Sorriso é aquele que Leonardo buscou e pintou. e os Gregos… e os escultores de Buda:

o Sorriso do Silêncio.

Aguardando

Aguardando

Por nós.


Prólogo de S. João

PS – E garanto que não é preciso aprender Hebraico! Nem Sânscrito, nem Tibetano tão pouco.

Presentes de Natal Especiais – Arte

Quem pode, protege-se da crise financeira investindo em arte.

Outros, amam a arte e podem comprá-la.

Se tiver 13.000 €,  ou 23.000 $, pode comprar um Chagall,

David et Absolom. by Marc Chagall, 1887-1985 David et Absolom – assinado

Onde? Aqui:     http://www.williamweston.co.uk/pages/location.html

William Weston Gallery is the longest established specialist gallery in England dealing in European and British Master Prints.


Mas a arte não é só para milionários.

Se puder reunir várias pessoas para adquirir ou oferecer uma obra de arte, ela pode ser adquirida passo a passo…

The gallery now offers a Gift Fund Service for clients who wish to buy from our collection through a fund of donations for occasions such as weddings or birthdays. To find out about setting up a Gift Fund with the gallery …’.

Outra possibilidade mais perto de si, é comprar arte de artistas vivos e que lutam pela sobrevivência. Investigue, procure, oriente-se, abra os olhos, e poupe o dinheiro que gasta em …

(seja o leitor a preencher.)


Qualquer obra de arte, desde que obra de arte, vale facilmente mais do que a maioria das reproduções  com que tantas salas são decoradas.

Por outro lado, é também impressionante a quantidade de quadros que se vendem por esse mundo fora, apenas porque são “baratos”.

“O barato sai caro” – “Goodkoop is duurkoop”, dizem os holandeses – e pelo menos destas coisas até percebem, se bem só em teoria – porque não há povo que ultrapasse os holandeses em … bem, é sabido.

Assim como é melhor procurar uma obra de arte do que contentar-se com uma reprodução, também é melhor esperar com a compra e economizar, do que comprar um quadro porque é barato – evidentemente.

Quanto a prendas: Oferecer uma obra de arte é difícil. Também caro. Mas não impossível.

Lembre-se da possibilidade de oferecer um presente mais caro, em vez de cada ano uma coisa menos dispendiosa. Lembre-se de que deve deixar a pessoa escolher e desejar. Lembre-se que pode aconselhar-se. Lembre-se que pode contactar o artista. Lembre-se de nunca, mas mesmo nunca apressar ou pressionar a escolha da outra pessoa. Lemre-se que um pintor pode gostar de vender desenhos – a um preço muito mais acessível do que as pinturas. Se sabe que a pessoa gosta de dado pintor, talvez consiga vir a conseguir oferecer-lhe um desenho desse pintor.

Mesmo um desenho pode continuar a ser muito caro (embora merecido o preço). Lembre-se então da possibilidade de se juntar a outros para dar o referido presente. E vois lá! Assim de repente, o que era impossível, tornou-se possível!

Mensagens de Natal – Tolstoi

Amor é vida. Tudo aquilo que compreendo, comprendo-o apenas porque amo –                Leo Tolstoy


Amar


L’Ange Bleu
Chagall

La Mariee by Marc Chagall

La Mariee by Marc Chagall

.

.

AMAR

O segredo é Amar… Amar a Vida
Com tudo o que há de bom e mau em nós…
Amar a hora breve e apetecida,
Ouvir todos os sons em cada voz
E ver todos os céus em cada olhar…

Amar por mil razões e sem razão…
Amar, só por amar,
Com os nervos, o sangue, o coração…
Viver em cada instante a eternidade
E ver, na própria sombra, claridade.

O segredo é amar mas amar com prazer,
Sem limites, sem linha de horizonte…
Amar a Vida, a Morte, o Amor!
Beber em cada fonte,
Florir em cada flor,
Nascer em cada ninho,
Sorver a terra inteira como um vinho…

Amar o ramo em flor que há-de nascer
De cada obscura e tímida raiz…
Amar em cada pedra, em cada ser,
S. Francisco de Assis…
Amar o tronco velho, a folha verde,
Amar cada alegria, cada mágoa,
Pois um beijo de amor jamais se perde
E cedo refloresce em pão, em água!

Fernanda de Castro


Trinta e Nove Poemas / Líricas Portuguesas. 2.ª Série
(edição de Cabral do Nascimento)

Mensagem de Natal 5

Sumi Jo – Caccini – Ave Maria 04:00

Sumi Jo, está não só a cantar bem, está a rezar.



A Madonna e o Menino (séc. XV ), Fillippo Lippi Palazzo Vecchio, Florença. 

”Na ampliação pode-se notar que o objeto faz parte do contexto da tela. Observe a luminosidade representada pelo autor. Note também que uma pessoa observa o objeto cobrindo o rosto com as mãos, devido à luminosidade do mesmo. Ao lado da testemunha está um cachorro em posição de alerta.”

(5) Jesus said, “Recognize what is in your sight, and that which is hidden from you will become plain to you . For there is nothing hidden which will not become manifest.”

Feliz Natal !

Mensagem de Natal 4


Jesse Norman – Ave MariaJesse Norman at Notre Dame. A Christmas Concert. Charles Gounoud. Orchestr

e de L’Opera de Lyon. Music Director – Chefdirigent – Diredtion musicale Kent Nagano

Um dia Jessie Norman chegou a uma capital, e o teatro onde ia cantar estava em obras, pelo que ela deveria entrar no Teatro por uma entrada lateral, e não pela entrada principal, com tapete vermelho…

Ela recusou-se. 🙂

 

 

 

 

 

 

 

A Anunciação (1486), de Antônio Crivelli

Virgem iluminada pelo Espírito Santo. O raio de luz parte de um objeto de formato discoidal suspenso no céu e passa pela Pomba

 

 

 

A melhor Mensagem de Natal da Internet

ATENÇÃO: o meu elogio foi feito a uma mensagem de Natal de 2007, de um outro blog, cujo link já não funciona.

Entretanto aqui ficam NOVOS links para            MELHORES  MENSAGEM DE Natal           UM

Fique atento pois vou escrever mais.

.

.

ENTRADA ORIGINAL, de 2007,

Não é minha, claro! É esta!, no Só Maria

Ora vão lá ver, e vejam se não se prova que podem confiar em mim!?? :))

Depois destes 3 factos – o do Conteúdo da Mensagem. O de ela ser a melhor mensagem de Natal da internet, e o de ficar provado que podem confiar em mim, ficou obviamente, tudo dito. 🙂

Mensagem de Natal 3

Caros e excelentíssimos leitores e amigos,
em primeiro lugar, quero pedir desculpa pela interrupção. Mas, as últimas mensagens que compus deram-me …muito trabalho, e voltas, relacionadas com o destino e vida d’A Ilha dos Amores, e portanto pensei que o mais atento para com as pessoas era ”guardá-la” das vistas, enquanto nessas andanças.
Acabei de me lembrar que as pessoas que encontram A Ilha dos Amores fechada, poderão pensar que pode ser para elas que está fechada. Mas não é o caso, nem será. Informo desde já a todos que se acaso voltar a acontecer, é por razão de obras
Mais uma vez, desculpas pelo incómodo causado.
A Ilha dos Amores é e permanecerá um Blog aberto a todos os visitantes!
O template que tenho agora é dedicado a este período do Natal.
Tenho para vós, várias Mensagens de Natal, ainda, que se vão seguindo.
Nas mensagem que a partir de agora vêem, reuni uma escolha de música, em conjunto com umas extraordinárias imagens.
Informação mais detalhada sobre estas imagens, como seria de desejar, não consegui encontrar. De onde as retirei, nada mais tinham do que isto, nem acrescentavam algo. Deixei as legendas mais ou menos como as encontrei. Não são minhas.
Convido-vos a que ouçam pelo menos alguma da música… antes de ver as imagens…
(clicar nas imagens – algumas têm um pouco de ampliação)

(Natália costuma usar as mãos enquanto ensaia)


Nas cavernas de Altamira, em Santillana del mar, em Santander, Espanha, foram encontradas pinturas de 20 mil anos de idade, mostrando objetos voadores de formatos lenticulares e até discoidais.

(Nota minha: as visitas a Altamira são há muitos anos impossibilitadas! … talvez …quem sabe…a razão…)

 

 

Pintura medieval. Moisés e os Dez Mandamentos. Note a existência de estranhos objetos no céu.

Tapeçaria do século XV (Vatican Library) representando a vida cotidiana de duas mulheres tendo ao fundo dois castelos.

Tapeçarias do século XIV
Estas tapeçarias do século XIV retratam cenas da vida de Maria. Nota-se que no fundo da imagem existe um objeto suspenso no céu. Esta tapeçaria encontra-se na Basílica Francesa Notre Dame de Beaune, em Burgandy, França.

Mensagem de Natal 2

fresco02.jpgmaravilhoso fresco de umas catacumbas romanas


O essencial é saber ver,
Saber ver sem estar a pensar,
Saber ver quando se vê,
E nem pensar quando se vê,
Nem ver quando se pensa.

Mas isso (tristes de nós, que trazemos a alma vestida!),

Isso exige um estudo profundo,

Uma aprendizagem de desaprender.

Alberto Caeiro,
num dos meus poemas de eleição,
que me acompanhou desde miúda,
por estas palavras para mim essenciais,
parte de O Guardador de Rebanhos



E mais, é esta mensagem, que aqui repito:

do evangelho de S. Tomás ou S. Tomé

(minha tradução da edição em inglês de James Robinson)


22 – Jesus viu bébés a serem amamentadas; disse aos seus discípulos:

– Estas criancinhas a mamar são como aqueles que entram no reino.


(O resto, por traduzir):

(37)  His disciples said, “When will you become revealed to us and when shall we see you?”
Jesus said,

“When you disrobe without being ashamed and take up your garments and place them under your feet like little children and tread on them, then will you see the son of the living one, and you will not be afraid”

.

.

Dos músculos da poesia que exsudam até à morte o néctar da esperança…

Ó vós, homens sem sol, que vos dizeis os Puros
E em cujos olhos queima um lento fogo frio
Vós de nervos de nylon e de músculos duros
Capazes de não rir durante anos a fio.

Ó vós, homens sem sal, em cujos corpos tensos
Corre um sangue incolor, da cor alva dos lírios
Vós que almejais na carne o estigma dos martírios
E desejais ser fuzilados sem o lenço.

Ó vós, homens ilumidados a néon
Seres extraordinariamente rarefeitos
Vós que vos bem amais e vos julgais perfeitos
E vos ciliciais à idéia do que é bom.

Ó vós, a quem os bons amam chamar de os Puros
E vos julgais os portadores da verdade
Quando nada mais sois, à luz da realidade,
Que os súcubos dos sentimentos mais escuros.

Ó vós que só viveis nos vórtices da morte
E vos enclausurais no instinto que vos ceva
Vós que vedes na luz o antônimo da treva
E acreditais que o amor é o túmulo do forte.

Ó vós que pedis pouco à vida que dá muito
E erigis a esperança em bandeira aguerrida
Sem saber que a esperança é um simples dom da vida
E tanto mais porque é um dom público e gratuito.

Ó vós que vos negais à escuridão dos bares
Onde o homem que ama oculta o seu segredo
Vós que viveis a mastigar os maxilares
E temeis a mulher e a noite, e dormis cedo.

Ó vós, os curiais; ó vós, os ressentidos
Que tudo equacionais em termos de conflito
E não sabeis pedir sem ter recurso ao grito
E não sabeis vencer se não houver vencidos.

Ó vós que vos comprais com a esmola feita aos pobres
Que vos dão Deus de graça em troca de alguns restos
E maiusculizais os sentimentos nobres
E gostais de dizer que sois homens honestos.

Ó vós, falsos Catões, chichibéus de mulheres
Que só articulais para emitir conceitos
E pensais que o credor tem todos os direitos
E o pobre devedor tem todos os deveres.

Ó vós que desprezais a mulher e o poeta
Em nome de vossa vã sabedoria
Vós que tudo comeis mas viveis de dieta
E achais que o homem alheio é a melhor iguaria.

Ó vós, homens da sigla; ó vós, homens da cifra
Falsos chimangos, calabares, sinecuros
Tende cuidado porque a Esfinge vos decifra…
E eis que é chegada a vez dos verdadeiros puros.

José Adelino Maltez, Sobre o Tempo que Passa

Mensagem de Natal 1

Uma mensagem de Natal

 

A Maria do Mar . alguém de quem gosto muito, escreveu uma resposta numa discussão do forum, a qual escolho como uma mensagem de Natal:

Eu dou já aqui a minha opinião : os males do mundo não vêm do racismo, da religião, da ciência. Vêm da nossa própria natureza ! Vêm do modo como todos nós nos relacionamos com os outros ! É essa deficiência na nossa estrutura psicológica que faz com que o “bom” seja transformado em “mau”. O Mal e o Bem existem como entidades absolutas ?

Racismo – quando ouvimos falar nesta palavra pensamos sempre na discriminação do negro pelo branco. E a discriminação do branco pelo negro, que chega a ser ainda mais vincada ?
Assim, a emoção do racismo não é privilégio do branco. É uma má característica da espécie humana.

Religião – o que é que, verdadeiramente, estraga uma religião ? É a crença ? Não ! É a incapacidade de aceitar os outros ! Isto é característico do Cristianismo, ou do Islamismo ? Nem por sombras ! É característico da espécie humana. A emoção do fanatismo religioso é comum a toda a espécie humana.

Ciência – porque é que a Ciência não traz o bem-estar que prometeu ? Falha dela ? Não ! Falha da espécie humana que a usa para fins destrutivos. Falta de ética e moral.

Junte-se a isto tudo a desenfreada necessidade de poder e dinheiro…e teremos uma Humanidade sentada num barril de pólvora ! É o que somos !

Assim, se se quer mudar o Mundo, isso não passa por eliminar a Religião, a Ciência ou mesmo a Política. Passa, isso sim, por modificar os comportamentos e as atitudes.

Maria do Mar

É que há muitos a bradar, mas quem quer realmente mudar de comportamentos e atitudes? Reflectir sobre o que é que cria e forma os comportamentos e atitudes? Reflectir sobre os caminhos andados ao longo de séculos – e ver: onde fomos dar? O que está errado?

Mas não: viramo-nos para um lado – e que bramam? Fora os ecologistas! Sem essa cambada de criminosos… estávamos mal, mas estávamos bem – como até aqui (desde que eu possa fumar… a vida vai-se vivendo). Acabou-se a liberdade! Dizem, espantados. Para logo a seguir desatarem a ajudar os mesmos que dão essas ordens, por interesses que não a saúde, e a morder na mão dos que lutam por liberdade…

Viramo-nos para outro lado – e que bramam? Fora os de esquerda! Sem essa cambada de criminosos… estávamos muito menos mal – quase bem….

Viramo-nos para outro lado – e que bramam? (Esta é a maioria) Fora as religiões! Sem essa cambada de cretinos…. não havia nada de mal neste mundo: nem guerras, nem lutas, nem nada. (É de alto nível, o rigor científico destas afirmações. Fora! A Religião é a causa das guerras e Deus a história da carochinha dos cobardes e atrasados (mentais).

Viramo-nos para os protestantes – e que bramam? (Ano 2001!) Fora os Católicos! Cambada de ladrões corruptos que não conhecem Deus! Roma – oh a Roma que nos reprime! Que nos oprime – tudo tudo é por culpa desses Romanos! Desde há 2000 anos! (estas coisas não costumam chegar aos ouvidos dos ”romanos”) – Fora o horroroso mundo clássico! (- a Renascença – blá !- fora!) E todos os problemas serão resolvidos. (a diferença com estes, – é que não bramam: fazem e ganham dinheiro)
Viramo-nos para os católicos – e que bramam? Fora os gnósticos, e mais a Nova Era!! Cambada de ignorantes – fora com eles e estaremos bem – estaremos ao menos como sempre estivemos. (esconde aí o Nag Hammadi mais o resto). Fora, fora, fora, tudo o que escondemos há dois mil anos tão bem guardado, aliás, porque deixàmos de perceber fosse o que fosse – e se deixares entrar quem se dedicou a tal, é a nossa morte. Fora! Fora!
… a lista é longa… mas no entanto, é monótona, sempre igual – e, em vez de a terminar, não será um caminho mais curto perguntar, finalmente:

mas afinal, o que sabemos nós do que está dentro?

___________

E tinha eu acabado de alinhavar estas pobres palavras, quando encontrei isto, no Otorgal

O mais além é sabermos e sentirmos que por dentro das coisas é que as coisas são.

José Adelino Maltez, Sobre o Tempo que Passa

 

____________

 

Assim, se se quer mudar o Mundo, isso não passa por eliminar a Religião, a Ciência ou mesmo a Política. Passa, isso sim, por modificar os comportamentos e as atitudes.

Looker .

 

Será que esse sentirmos por dentro e o dentro, é que é o princípio de modificarmos os comportamentos e as atitudes?

 

 

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑