Audrey Tautou

Não gosto do mundo da alta-costura.

Nunca gostei.

Porque: Ver foto


Mas Coco é MUITO diferente:

There was a designer who was on our side, who liberated us and allowed us to do, ooh, I don’t know, normal things like run, eat, move, bend, dance.

Her name was Coco Chanel.

E porque é MUITO diferente, morreu só e desamparada. Claro.

AUDREY TAUTOU

O filme “Coco Before Chanel”, com Audrey Tautou no papel principal, estreia hoje.

Mas tenham cuidado:

“If you have never been privileged enough to attend a Chanel show, this film will give you some idea of its perfection. I always leave … not wanting to wear anything else.


(isto não será bom. Mas:)


This film is not just about fashion or fantasy. It’s about freedom.”

Peasant and genius‘: Gabrielle ‘Coco’ Chanel freed women from corsets and made it acceptable to wear black.

Ler mais e  Ler mais


Sempre me fizeram impressão as pessoas que não sabem distinguir entre quem não tem dinheiro para se vestir como gostaria, e quem não tem gosto. Conheci muito bem esse tipo de pessoas, o qual abunda, e que vive julgando as pessoas pelos detalhes insignificantes das suas roupas, sem ao menos tomar em consideração circunstâncias e possibilidades.

Quantas vezes acontece que quem tem dinheiro, – E TEMPO, etc. – tem uma impressionante falta de gosto, de fantasia, e de empatia com o ser humano profundo.

Lá está, não gosto do mundo da alta-costura, e por mais de uma razão: mascara-se, com muito carnaval e snobismo, a falta de amor, inteligência e individualidade.

Se isso não me custasse o dinheiro que eu certamente escolheria empregar noutras coisas, e se estivesse em posição de tal, seria Chanel que eu deixaria mimar-me, por uma ou outra vez.

Chanel vestia mulheres, não bonecas nem marionettes manipuladas por multiplicadas encarnações de Narciso…

“The most courageous act is to think for yourself. Aloud”

Gabrielle Chanel

Partilhamos da mesma luta estética e deste mesmo hábito.

E da solidão.

Advertisements