Isto dizia-me um dia uma conhecida:

“-Tomo conta da miúda um dia por semana. A mãe deixa-me a comida para ela, mais mil e uma recomendações; que ela não podia comer isto e aquilo e aquele outro… mas eu dou-lhe várias coisas dessas… sem a mãe saber.”

Sabendo eu de muitos mais casos… sei que é costume fazer-se isto…

No outro dia, quando li este postal, estava decidido que ia comentar. Não leve a mal que o faça publicamente, por favor, Vasco. Dirijo-me a todos os que possam ser tentados por uma tal solução… para uma situação que acontecerá mais e mais: a de ter pessoas à mesa que não comem certas coisas, ou estar com crianças cujos pais escolheram uma alimentação muito diferente.

Mentir a outras pessoas, a respeito do que está dentro da comida, não é boa ideia – e é o que os industriais de todo o mundo andam a fazer, com a permissão dos governos… É uma prática bárbara.

Acho que é fácil perceber porque é que é mau iludir pessoas a respeito de algo que é crucial para elas a ponto de orientarem por aí as suas vidas.

É melhor ser sempre sincero nestas situações, o que será muito apreciado, muito mais, aliás, do que qualquer iguaria. A mentira levantará uma onda de justificada indignação:

”  Disse, então, ao meu amigo: temos aqui um problema, o namorado da minha filha é muçulmano e a farinheira tem carne de porco. O Luís olhou para mim com aquele seu ar de quem resolve todos os problemas do mundo, e respondeu: não há problema nenhum. Explicamos ao «gajo» que o enchido – a farinheira – aqui, em Portugal – país que ele visitava pela primeira vez –, é confeccionado apenas com carne de galinha. E assim aconteceu.”

.

Se digo isto aqui, publicamente, é porque sei que enganar como se se tratasse de alguma “mentira branca”, como se se tratasse de alguma coisa não relevante (porque a pessoa considera que aquilo que o outro come, não lhe faz mal nenhum), é uma tendência de muitos.

Garanto que qualquer pessoa com um regime alimentar diferente lhe agredecerá mil vezes a sinceridade, e ficará contente com qualquer alternativa por muito simples que seja.

Advertisements