Distinção. Projecto de energia solar considerado como o mais inovador

José Pós-de-Mina eleito como uma das figuras do ano pela One World

No dia de Natal, a Central Fotovoltaica de Amareleja começou a funcionar em pleno, produzindo energia solar suficiente para abastecer 30 mil habitações do Alentejo. José Maria Pós-de-Mina, presidente da Câmara de Moura, é um dos principais responsáveis pelo maior plano de energias renováveis do mundo e a sua fama já atravessou fronteiras. …passou a figurar na lista das 10 personalidades de 2008 eleita pela organização internacional One World, que o classificou como o “autarca do futuro” da Europa.

A distinção foi anunciada em finais de Novembro… O que começou por ser uma iniciativa para minimizar as dificuldades económicas e sociais do município acabou por transformar-se num projecto que fez do autarca um pioneiro no capítulo das energias alternativas: “O nosso objectivo passou sobretudo por reduzir uma das maiores taxas de desemprego do País e que se situa nos 15%.”

Aproveitar um recurso que existe em abundância no concelho pareceu-lhe, portanto, “o caminho mais óbvio”. E por isso não hesitou quando há oito anos uma empresa* propôs a instalação de uma central solar na freguesia mais quente da Europa – a Amareleja. O projecto permitiu a criação de 120 postos de trabalho em Moura e foi apenas o princípio para pôr em prática outras ambições do autarca.

Em projecto estão também iniciativas como a rede Sunflower – que envolve autarquias de oito países europeus para criar comunidades livres de carbono – e a Rede Ecos, que aguarda financiamento da União Europeia para usar energias alternativas na construção civil: “Esperemos que esta distinção contribua para acelerar a realização destes sonhos”, remata o autarca.

* Gostava de saber que empresa foi, e a que preço.