Sylvie Guillem, n°3 –  facetas

Sylvie a descansar depois dos espectáculos. A voz da professora a apoiar e a defendê-la ( e as discussões dos americanos no youtube sobre a nudez). A Ópera de Paris. Sylvie no campo entre as oliveiras, e eu tive aquele mesmo vestido que ela tem! É da Laura Ashley – lol. Infelizmente dei-o, ou coisa assim, quando emagreci muito e pensava ficar assim para sempre.

Mas o melhor do filme é ver Sylvie a cozer as fitas das sapatilhas ela própria, ao som de receitas de cozinha. lol lol.

Grande bailarina.

Sylvie Guillem, n°7 – o final deste filme

a coreógrafa, numa Giselle dela que ainda não vi, e depois é Sylvie e o mar. Lindo. Termina com o pas de deux do Lago dos Cisnes, Odette, – o cisne branco! Mensagem clara nesta sua escolha para terminar.

E já agora porque não ver Sylvie em Lisboa, numa maravilhosa, excepcional Odete?

Porquê? Porque ela é um cisne mulher. Porque se trata de uma mulher real. Sylvie não transforma a bondade (Odete) numa menina que não pode crescer.

Sylvie Guillem and Manuel Legris, Swan Lake, Lisbon, December 1987.

Anúncios