Esta mensagem é dedicada a minha filha bem-amada

Sobre a Arte de nos tornarmos filhos de Deus:


Olhar,

e Ver

https://ailhadosamores.files.wordpress.com/2007/12/pleiades-star-cluster.jpg

Dizer devagar,

Ouvir, e escutar

Saborear, As Palavras:    (retirar preconceitos, falar como  pela primeira vez, como um primeiro homem, fora seu coração um cálice de vinho rubro, e Virgem toda a Terra)

No princípio era a Palavra e a Palavra estava junto de Deus e a Palavra era Deus. Ela estava no princípio junto de Deus. Todas as coisas foram feitas por ela, e sem ela nada se fez do que foi feito. Nela estava a vida e a vida era a luz dos homens; e a luz resplandece nas trevas e as trevas não a compreenderam.

Paro agora. A Palavra é Deus?

É isso que lá está. Deus, Palavra……

E todas as coisas foram feitas por ela? Coisas feitas por uma Palavra? Mas então Deus não é aquele velho…? Palavra. É o que lá está.

– Vai gozar com outro. Desde quando é que uma Palavra cria alguma coisa… quanto mais o Mundo… quanto mais todas as coisas! Os homens é que criaram as palavras…..

– Sim, mas continua, ouve, saboreia (retirar preconceitos, falar como  pela primeira vez, como um primeiro homem, fora seu coração um cálice de vinho rubro, e Virgem toda a Terra)


[A Palavra] – devagar – era a verdadeira luz, – devagar – que ilumina todo o homem, – devagar – vindo ao mundo.

Ouves as estrelas?

Sentes um pássaro a cantar no coração? No teu cálice de vinho rubro?

Estava no mundo e o mundo foi feito por ela e o mundo não a conheceu. Veio para o que era seu, e os seus não a receberam.

Mas, a todos quantos a receberam, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus, aos que acreditam no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus.


– É misterioso, eu sei. E a Luz das estrelas, não o é? E o silêncio do Céu Profundo? Quanta Paz, Quanto Infinito aguardando, aguardando o nosso olhar atento, o nosso Amor em acção crescendo…

O Infinito aguardando o nosso Silêncio

onde toda a Luz surge

e se encontra

o Sorriso Original.

ps – esse Sorriso é aquele que Leonardo buscou e pintou. e os Gregos… e os escultores de Buda:

o Sorriso do Silêncio.

Aguardando

Aguardando

Por nós.


Prólogo de S. João

PS – E garanto que não é preciso aprender Hebraico! Nem Sânscrito, nem Tibetano tão pouco.