“É melhor escrever para si mesmo e não ter público do que escrever para o público e não se ter a si mesmo”. “

“Cyril Connolly: de Antonio Fernando Borges,


É melhor pintar, dançar, cantar, esculturar para si mesmo e não ter público do que fazê-lo para o público e não se ter a si mesmo.