Quero responder e agradecer aos vários amigo/as, visitantes, que muito me honram com o seu apoio, e que deixaram palavras de ternura e apreciação. Muito obrigada.

A maioria admirou-me: sentirem falta dos meus postalzecos (isto é, não contando que vão sendo longos…:))?? Faço falta??

….enterneceram-me: o Valquírio preocupou-se até com o meu silêncio (não eu não estava de férias:)… e ainda bem que gostou da mudança de roupas do blog: foram feitas para facilitar a leitura.

Uma Musa Mana, que graças a Deus tenho, manifestou as suas saudades… e o Prof Claudio Téllez deixou-me babada…. (mas eu gostaria de fazer por deter aquele sedutor aldabrão que cada vez mais tem o mundo na mão) ….

A todos só posso dizer que as vossas reacções e estar em comunicação faz para mim valer esta actividade …que ainda tenho que aprender (se é que vou chegar a aprendê-la antes de parar). Dantes os filósofos dialogavam na rua, e talvez não desprezassem ensinar e dialogar com ignorantes -como eu – interessados na sua sabedoria. Alguns deles pelo menos, não. Então, talvez os blogs possam servir um pouco de ÁGORA!…. (Como tal não se admirem de ter que reunir muita paciência para me aturar…)
Unindo Alentejo, Algarve, Lisboa, Estoril, Póvoa, Brasil (do outro lado da Poça!! :))), e muito mais.

Para quem não tem a sorte invejável de estar assim em diálogo na vida diária, as vossas reacções são o único barómetro que permite saber um pouco de como isto (o que se vai escrevendo) é para um outrem…. o que de outra forma permanece incógnita absoluta.

Talvez uns poucos de nós nos venhamos a conhecer melhor e a descobrir coisas tão profundas e buscas tão dignas, que quando um dia nos venhamos a encontrar de verdade, em vez de uma desilusão, pelo contrário, aconteça como quando um artista pega num lápis: a descoberta de que o que parecia sem beleza ou interesse, (muitas vezes até feio) é ilimitadamente belo.

Anúncios