De acordo com a reflexão estética que me tem ocupado, entre túlipas e algumas outra flores, suas formas e símbolos, beleza, e arte-na-vida-do dia a dia; onde cada coisa (consciente e amorosamente criada) se torna simbólica e significativa, reflexo e espelho de uma outra realidade, a Divina.

Por Isabel de Sá

https://i1.wp.com/photos1.blogger.com/hello/191/2091/1024/510_big.jpg

Túlipas – 1993
Técnica mista sobre papel mista 32×32 cm

Túlipas – 1993
Técnica mista sobre papel mista
32×32 cm