A insegurança dos grandes. Quanto mais sensíveis à grandiosidade do mundo indizível e inteligível, mais mudo se fica? E desageitado…

Claro que não é sempre assim… mas não será assim muitas vezes? E além disso, uma fase necessária.

Interessante também o comentário no youtube ao video do Ashkenazy: o jovem em questão menciona que o entrevistador é um dos ”altos QIs do seu país”… (!) e não acha que o grande artista seja tímido ou modesto, mas sim que ele toma uma atitude de arrogância e despeito perante o entrevistador. O sério é que o comentador já nem consegue conceber a inocência ou genuinidade da insegurança, (a não ser que se assuma essa com claras palavras…); já não conssegue nem conceber as desageitadas palavras da timidez de alguém que se entrega à percepção directa e no momento, da presença grandiosa do que o pensamento pragmático e discursivo não exprime: a alma e o coração.

Maria Callas Interview. first interview with Bernard Gavoty , Paris 14 June 1964. Time: 10:26

Vladimir Ashkenazy interview and piano demonstration part 1
10:00

 


Maria Callas Interview.

Paris 1965 , Maria Callas interview with Bernard Gavoty. Time: 10:50